• Sobre Amor e outras drogas

    Enfrente. Em Frente.

    Foi intenso Nas coisas boas e nas ruins Para todos os lados em todos os sentidos Todas as direções e em todos altos e baixos   Foi um ano bem intenso, de fato Mas o sol permaneceu nascendo no horizonte Um dia após o outro (o que já é suficiente para inspirar um artista ou uma pessoa de fé)   Eu sei, houve dias em que nada fez sentido Dias em que as lágrimas pesaram mais do que uma tonelada E dias em que o cansaço foi maior que tudo   Mas também houve dias de amor puro De sorrisos largos, felicidades simples, boas surpresas Amizades fortalecidas E de grandes…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Lebenslangerschicksalsschatz

    Se o mundo acabar amanhã Só existe uma pessoa com quem eu quero estar Não pelo clichê dos poemas de Drummond Muito menos pelo padrão romântico-exagerado-impossível-de-acontecer-na-vida-real dos filmes da terra do Tio Sam Mas por que ela é uma pessoa importante e especial para mim   Se o mundo amanhã acabar Eu sei qual mão eu quero segurar Não por preterir um em detrimento de outro Mas por ela ser um mundo particular Por ela ter uma segurança impressionante Mesmo quando tudo desaba ao redor Por fora, ela é uma montanha difícil de abalar. Mas que possui um tesouro enorme por dentro   Se amanhã o mundo acabar Eu sei…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Cacto

    Tem dias em que eu me sinto um cacto Os longos espinhos machucam quem está por perto e quem se aproxima A sensação é a de levar incômodo ao ambiente Eu odeio esses dias   Nesses dias tudo pesa Nada parece dar certo Tudo parece causar mágoa, abandono, dor E tudo que quero é me desculpar   Nem sempre consigo perceber esses dias Mas tenho me esforçado a melhorar É um trabalho diário e constante   Não é para querer ser perfeito, estou bem longe disso É para ser uma melhor companhia, que ofereça conforto É para florir, mesmo sendo um cacto

  • Sobre Amor e outras drogas

    Instante

    Sempre correndo Sempre com pendências Sempre ocupado Sempre sem tempo Sempre sem Sempre falta Sempre uma desculpa Sempre sem reparar Sempre apertado Sempre sem paciência Sempre uma saideira Sempre com problemas   Apenas um instante   Para parar Para respirar Para amar Para re-acordar Para cuidar da alma Para rir sem culpa Para esticar o corpo Para abraçar Para fazer pudim Para se apaixonar todo dia por um novo detalhe Para crescer por dentro   O instante diz tudo O instante recoloca nos eixos O instante é a parte mais importante da vida O instante faz tudo parar (por um momento ou dois) O instante tem um sentido O instante…

  • Sobre Amor e outras drogas

    De Almas Unidas

    Eu que sou esquecido, me lembrei em um sonho   De todas as vezes que dançamos sob a luz da lua Ignorando o mundo lá fora Por que nada mais nos importava   De todas as tardes que ficamos sentamos na grama Assistindo o Sol se pôr E sentindo a brisa do entardecer balançar os dentes de leão do campo   De todas as noites que passarmos em claro Quando a luz da lua cheia preenchia o céu escuro E iluminava nossos segredos   E de vermos o sol nascer do telhado da igreja Antes de nossas famílias tentarem nos separar     Eu que sou desatento, reparei sem nem…

  • Sobre Amor e outras drogas

    A Loja Mágica

    Ela está por aí Ninguém sabe exatamente o lugar exato, nem seu formato Ninguém sabe se ela é um prédio espelhado Uma banca de feira, uma bomboniere Ou uma casinha colorida no meio da campina Mas ela existe   Ninguém sabe, ao certo, como é o vendedor que trabalha lá Se é homem, mulher, novo, velho Ou qualquer uma dessas coisas de aparência física Apenas se sabe do seu trabalho   Alguns dizem já terem a encontrado e que nem cobram o frete no pedido Outros, que ainda não a acharam e continuam procurando Tem também os que se dizem amigos do vendedor E os que a visitaram em nome…

  • Sobre Amor e outras drogas

    A Tempestade

    Uma tempestade se forma lá fora Os ventos fortes que fazem balançar fios, portões e telhas É o mesmo vento que fala uma língua antiga Que há muito tempo já se perdeu   Os relâmpagos a iluminam o escuro da noite Enquanto os trovões conversam com os ventos ancestrais E a chuva que começa fraca, como um sereno De repente cai forte e banha tudo de uma única vez   Eu não me interesso em quanto tempo esta tempestade irá durar De algum modo eu só quero vê-la se formar E sentir o cheiro de terra molhada que ela trará   Eu nunca sei se ela é amiga ou não,…

  • Sobre Amor e outras drogas

    No Meio do Caminho

    Eu tenho visto a vida passar por mim E tenho visto como as coisas mudam com o passar do tempo E em como eu também mudei   Eu vi o Sol brilhando forte dar lugar à chuva passageira no fim de uma tarde E vi a Lua se esconder entre nuvens durante as noites de injustiças   Eu vi as auroras dançarem na madrugada E senti o toque do orvalho criado pelas plantas antes do amanhecer   Eu vi os ventos e as ondas do mar moldarem um penhasco E vi árvores caírem para dar lugar ao progresso dos homens   Eu vi a estrada se formar e o cinza…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Sobre o Amor (Ou Quase Isso)

    Acordar. Sem tem que se preocupar com o que vem por ai. Simplesmente acordar. Abrir os olhos e enxergar aquela pessoa ao seu lado. Enxergar o rosto dessa pessoa. A quem tu confiaste teu coração. E vice-versa. E saber que está tudo bem.   Enxergar. Não apenas ver. Ver é simplesmente passar o olhar por ai, sem se importar muito. Enxergar é ir além. É saber o que cada ruga significa e quais delas são de sorrisos e quais são de preocupação. É ter a certeza de continuar a amar, seja na beleza corporal da juventude, seja quando o corpo diminuir e se enrugar na velhice. Enxergar é manter um…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Katie II

    – O que você esta fazendo ai fora? Vem pra cabana. – Só estava olhando as estrelas e pensando. A gente quase não tem essa visão da cidade não é? – E no que você estava pensando? – Em lendas sobre estrelas, histórias antigas ou em alguma outra que eu possa ter criado e já nem sei mais quais são as de verdade. – Isso é bem capaz, não é? – Com certeza. Vem cá, se ajeita um pouco comigo, o fogo não está forte. – Você vai ter que me contar uma dessas lendas então. – Tem uma que eu gosto e tem alguma coisa com a sua cor…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Soneto de Passagem

    Sou um passageiro Cuidando da minha bagagem E observando as pessoas ao redor Todos passageiros   Os daqui de dentro Conversam, dormem, se maquiam, leem, ouvem qualquer coisa, maquilam. Os de lá de fora dirigem, usam um GPS, ouvem as notícias Todos, sem perceber que também são passageiros   A paisagem lá fora passa rápido através da janela Passageira, não mostra todos seus detalhes aos olhos mal treinados Ou a quem vive na pressa de passar mais um dia   Daqui de dentro, da minha mente inquietude Tento decifrar quem é alma de paisagem livre E quem é apenas passageiro, sem nem ao menos perceber que é

  • Sobre Amor e outras drogas

    Gitana

    Estou pensando em você Mais especificamente no seu corpo Em cada detalhe dele, cada pequena curva, cada marca e tatuagem que você tem E aonde caberiam mais alguns desenhos   Seu corpo é mistério, assim como você Mesmo sem vestir nada, você quase nunca se despe de verdade É só quando quer, quando julga merecer São as suas regras, nada é mais justo E ainda bem que é assim   Um aviso aos navegantes: Não é qualquer um que pode conhecer seus pontos Os pequenos pelos eriçados da sua nuca Nem a forma desenhada dos seus seios Ou da sua coxa   Estou pensando em você Mais do que deveria,…