• Sobre Amor e outras drogas

    Sábado de Manhã

    Estamos deitados na sua cama, embaixo das cobertas porque o frio está forte lá fora E o aquecedor do seu quarto pifou já faz um tempo Eu te olho, e você, ainda sonolenta, se encaixa no meu peito de um jeito tão confortável Que eu só quero te deixar aí Para continuar acariciando, suavemente, sua cabeça   Através dos seus cabelos coloridos     Ah menina, como é bom estar com você Te dar alguns beijos leves na testa, te adular, mimar Ficarmos tranquilos aproveitando as horas do nosso jeito Sem ter que pensar no que acontece lá fora   Nós sabemos que alguns dias são difíceis E que, às…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Como Eu Te Vejo

    Eu te vi Esperando a condução provavelmente atrasada por causa do trânsito E preciso dizer que você é linda Demais   Eu agradeci aos céus por estar parado dentro de um ônibus vazio no meio do trânsito Assim consegui te admirar por uns bons minutos E sorrir como um bobo apaixonado Que de fato, sou   Você estava ali, do outro lado da avenida Com seus fones Seu cabelo pintado Sua blusa larga E seus jeans surrados   Eu te vi Sabia que não podia abrir a janela e gritar por você Infelizmente, de nada adiantaria Dessa vez tive que me contentar com pouco E colocar para tocar, no meu…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Cosmos

    As noites na metrópole são interessantes Não por causa da vida noturna movimentada Nem por causa da quantidade de pessoas diferentes Mas sim, muito, por que eu observo tudo de cima, do topo do prédio mais elevado da cidade E daqui todas as perspectivas mudam Parece que estou a um levantar de braços para alcançar as estrelas que brilham como diamantes no céu Enquanto que estou a um olhar para baixo de ver todas as luzes que transpassam janelas   É lindo   Essa mudança de perspectiva dá sentido ao que vejo quando estou caminhando lá embaixo Por que daqui de cima, entendo o que há lá   Quanto mais…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Desejo De Você

    Eu ando com uma vontade louca De te entregar Todos os beijos Que eu ainda não te dei   De segurar o seu rosto com as minhas mãos E com os polegares Acariciar suas bochechas e suas olheiras Para te arrancar um sorriso feliz   Eu estou com uma vontade forte De dormir a tarde toda de um sábado Na sua cama E vigiar seu sono quando acordar antes de você Vendo cada detalhe do seu rosto Do seu corpo E em como seu cabelo bagunçado Faz eu ter certeza que você é a pessoa mais linda E perfeita De todo o universo E sorrir leve por estar feliz  …

  • Sobre Amor e outras drogas

    Chateau

    A noite traz a inspiração O pensamento se limpa acalmando o coração A alma encontra a paz E as dúvidas se vão   Os medos se vão E o coração se abre sem temor de amar A paciência dita a melodia E a música embala nossa dança   Mas quem irá dizer O que restou do mundo? E quem irá dizer Que não se pode amar Se encontrar e viver? E quem irá dizer Que estamos errados em tentar viver?   Vi o tempo passar e não aproveitei Me arrependo do que não fiz e apenas sonhei Perdi muitas coisas, mas não posso te perder Pararia o mundo só pra…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Temporada Das Flores

    Depois de tanto tempo vivendo o inverno na margem do mar Finalmente chegou a hora de voltar Não pelo mesmo caminho Mas sim criando um novo Pelas florestas, túneis, campos abertos e uma colina com árvores-gêmeas   Sim, estou correndo mais uma vez Agora com um sorriso sincero no rosto O peito leve, coluna reta e a alma feliz A temporada das flores enfim começou   Trago aprendizados, independência, alegria e fé Descobertas sobre mim E luz sobre as promessas que eu tanto repetia para mim E me davam forças durante os dias frios   As estrelas iluminam o caminho Nos pequenos buracos que meus pés criam na terra Nascerão…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Eu Deixo As Luzes Acesas

    Aquela, fraquinha, da entrada do apartamento Para quando você voltar, não tropeçar nos sapatos ou na mesinha da sala de jantar Para colocar as chaves no lugar certo, alcançar o bule de chá na bancada que divide a cozinha e a sala de estar E ir até o banheiro sem esbarrar nas prateleiras do corredor e derrubar metade dos livros   Eu deixo algumas luzes acesas Também a da varanda, como num código nosso Para quando você ver nosso andar lá do pátio do condomínio Saber que tem uma casa quentinha e aconchegante te esperando   Eu deixo Pantufas secas e uma toalha a postos atrás da porta Para que…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Não Pode Nos Segurar

    Meus olhos estão fechados A batida da música nos meus ouvidos agita o sangue dos meus braços cruzados Enquanto a ansiedade acelera meu coração Minha cabeça coberta por um casacão balança lentamente para frente e para trás Meu rosto está sério Minha mente é um turbilhão esperando para ser acalmado Ou liberado de vez   Faço uma respiração profunda Alongo o pescoço sem olhar para lugar nenhum Por instantes o mundo se torna o escuro dos meus olhos A música que se repete no MP3 E as lembranças e desejos na minha mente   Sinto o toque de uma mão no meu ombro esquerdo É a minha deixa Ouço ao…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Holo – Parte V

    – Machos. Mesmo apaixonados são previsíveis, até uma próxima Max. Agora vamos ao que interessa. Sabe Holo, eu nunca realmente entendi qual a razão de todos gostarem tanto de você. Você foi a primeira a se desvirtuar, a abandonar sua razão de existência e ainda assim tem um dos nossos que ainda te ama e tem a ajuda da Senhora. Sério, o que você tem a mais que os outros? Você nem mesmo lembra de quem é. Anda logo, saia de onde está escondida e venha me encarar sua covarde! Isso se tiver coragem, não é? Ah não, você sempre preferiu ir por onde era mais fácil, sempre olhando para…

  • Sobre Amor e outras drogas

    Katie – V

    Eu ficava lá, encostado no batente da porta enquanto ela pintava seus quadros A concentração dela era algo impressionante A música estava quase sempre alta enquanto ela pintava E ela quase nunca ficava sentada ou com uma postura correta, como manda o manual Ela era mestra em deixar a energia fluir entre ela e a tela branca, cada vez mais colorida Também era mestra em saber quando eu chegava Mesmo absorta naquele seu mundo, ela fazia um sinal com a cabeça e um sorriso para si mesma quando eu ficava a observando, por mais que eu tirasse os sapatos (nosso costume ao chegar em casa) e andasse sem barulho dentro…