Sobre Amor e outras drogas

Lebenslangerschicksalsschatz

Se o mundo acabar amanhã

Só existe uma pessoa com quem eu quero estar

Não pelo clichê dos poemas de Drummond

Muito menos pelo padrão romântico-exagerado-impossível-de-acontecer-na-vida-real dos filmes da terra do Tio Sam

Mas por que ela é uma pessoa importante e especial para mim

 

Se o mundo amanhã acabar

Eu sei qual mão eu quero segurar

Não por preterir um em detrimento de outro

Mas por ela ser um mundo particular

Por ela ter uma segurança impressionante

Mesmo quando tudo desaba ao redor

Por fora, ela é uma montanha difícil de abalar.

Mas que possui um tesouro enorme por dentro

 

Se amanhã o mundo acabar

Eu sei qual corpo eu quero abraçar

Não apenas nosso encaixe é perfeito

Mas por que quando ela abaixa um pouco a cabeça

Ela pode ouvir meu coração acelerar (toda vez)

E eu posso sentir o cheiro dela (me acalmar)

 

Se amanhã acabar o mundo

Eu quero ser sortudo

Para quem sabe num quase milagre

Um beijo ela me confiar

 

Ah, mas se o mundo acabar amanhã.

Eu não perderia mais tempo remoendo antigos medos e antigas inseguranças

E a protegeria mais uma vez

 

Se o mundo acabar amanhã

Eu partiria feliz

Por que ela é minha Lebenslangerschicksalsschatz

Sempre foi

 

Porque eu acredito nisso e no destino

Porque ela me preenche como nada nunca preencheu

Porque ela me transborda e me liberta

Porque ela é irritantemente imperfeita

Porque o mundo fica mais fácil de lidar com ela

Porque um pode ensinar o outro

Um pode completar o outro

Um pode confiar e crescer com o outro

Sem ao menos pensar

 

E se o mundo acabar

Que se dane

Eu estarei com ela

O mais perto da perfeição do que jamais estive


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *