Segura a Minha Mão

Estou pensando em você

E em como é bom chegar em casa

Deitar minha cabeça no seu colo

Sentir o cheiro da sua pele macia

E acariar você

 

Estou pensando em você

No seu olhar

E em como isso é diferente quando você me vê

 

Estou pensando em você

E nas vezes em que você me pede para abrir a sua cerveja

Mesmo quando nós dois sabemos que você faz isso sozinha

E em como o sorriso no seu rosto te deixa ainda mais bonita

 

Estou pensando em você

E em como você acorda no domingo

Enquanto o sol da manhã toca o seu corpo

 

Estou pensando em você

Em como você segura a minha mão

E ouve minhas histórias

Rindo das minhas piadas sem senso crítico

 

Talvez seu novo nome deva ser mesmo amor

Enquanto passamos pelo fogo e pela chuva

E para sempre o seu nome ficará nos meus poemas

 

E se o amor é sempre uma troca

Esse é um jogo que dois podem jogar

Eu vou me libertar

E segurar a sua mão

Para você, sempre, querer ficar

(Visited 25 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *