Soneto a Deus

Meu Deus, sei que não sei rezar
E que peço mais que agradeço
E peco mais do que gostaria
Sei que tenho mais que mereço

 

Mas preciso de seu acalento
Pois ainda não entendo muita coisa
E venho aqui com o peso do mundo no peito
Que não é meu, mas insisto em carregar (por isso escrevo)

 

Sei que a Luz dissolve tudo, e gosto de sentir
E dessa vez, acreditei depois de muito relutar
Dessa vez, consegui fazer as coisas diferentes, mesmo faltando coragem

 

Mas às vezes parece que meus pecados pesaram e a levaram (mesmo sem nem tê-la tido)
E não sei por que ou se ela volta, por isso rezo, mesmo sem saber
Por que eu sinto a falta dela. Por que a Luz dela é gostosa. E ela é linda, por dentro e por fora.

(Visited 6 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *